Acompanhe a agenda das próximas edições de 2016

Nosso agradecimento aos profissionais que participaram das Edições Especiais do Sarau Preto em 2014 e 2015

Secretaria Municipal de Cultura em ambos os anos pela utilização do Teatro Muncipal Carlos Gomes

2015 - Robson Caetano, Lica Oliveira, Serjão Loroza, Haroldo Cota, Marta Caminha, Da Ghama, Alexandre Moreno, Aline Prado, Flavia dos Prazeres, MC Lápide, DJ TR, Victor Bhing, Bebel Du Ghetu, DJ LP, Antiéticos, Dandara Ventapane e Pedro Moraes, Ronaldo Rosas, Projeto Cultura na Cesta, Alice Sigmaringa, Dani e Lessandro Sigmaringa, Cia. de Dança Rubens Barbot, Téo Lima e Banda Batacotô, La Fiorentina, Trivia Produções, Casa do Musico, Wagner Lousa, Restaurante Jacaré, Iporinche, Eng2 Comunicação, Sonia Silva, Elisa Caminha, Sidney Tendler, Alexandre Palma, Carlos Junior, Januário Garcia, Umberto Alves, Marta Azevedo, Silvio Tendler, Adriana Guedes e Ronaldo Black.

CONTRATE O SHOW

O Formato original do Sarau Preto é um encontro de compositores, dançarinos, escritores, atores e poetas que apresentam suas próprias obras e/ou interpretam de qualquer outro artista negro brasileiro. Também são homenageados um compositor e um poeta negros consagrados. Para eventos em ambientes externos, o formato original ganha corpo e passa a ser chamado de SARAU PRETO Show. Um artista consagrado é convidado a ser o homenageado do projeto, com a finalidade de ganhar destaque na mídia e gerar afinidade junto ao público local. O projeto surgiu da necessidade de dar maior visibilidade a produção intelectual e artística dos afro-brasileiros de maneira simples, elegante e orgânica. Em estilo minimalista, voz e violão, ou acompanhado da Banda Preta. O evento Sarau Preto tem vocação para formatos de shows, bailes e intervenções artísticas em eventos comemorativos, empresariais e educativos.

Objetivo - Encontros de compositores e poetas afro-brasileiros, com intervenções artísticas nos campos das artes plásticas, dança, audiovisual moda e estética negra. O Sarau Preto tem como objetivo primeiro, destacar exaltar e revelar a produção litero-musical e poética de compositores, poetas, intérpretes e personagens da arte e cultura negros.

Proposta - Entre as poesias e intervenções artísticas, Mombaça faz um show de aproximadamente 30 min não lineares. No repertório, clássicos da MPB como: Gilberto Gil, Milton Nascimento, Dolores Duran e Mart'nalia, entre outros, além dos seus consagrados sucessos autorais como Pretinhosidade, Chega e Tava por aí e Torpedo, consagrados nas interpretações de Seu Jorge, Ana Carolina, Gilberto Gil e Mart'nália. A banda de apoio completa, Banda Preta, é composta por 04 músicos (baixo, bateria, teclado e percussão, 03 vocalistas), além do Mombaça (voz e violão). Produção: 01 produtor executivo, 01 produtor assistente, 01 roadie, 02 técnicos de som, 01 técnico de luz.